Porque eu parei de ver tantos videos no You Tube.


Olá tudo bem? Peço desculpas pelo pequeno sumiço no início desse mês, tive uma semana tensa de provas na faculdade, e tive que me esquecer um pouco do resto da minha vida, agora sinto que estou voltando a viver novamente kkk, final de faculdade é assim mesmo. 

Mas não desisti do blog, hoje quero falar de uma mudança de habito na minha vida, que está me fazendo muito bem, eu parei de ficar vendo vídeos no You Tube todos os dias, como eu fazia sempre que eu voltava da minha faculdade, eu chegava em casa umas 10h da noite, jantava, me preparava para dormir mas antes eu via umas 2hs de vídeos por dia, até ficar cansada e ir dormir de fato, fiz isso por muito tempo mas comecei a perceber que no fundo essa rotina não estava me fazendo bem. Porque eu ficava ansiosa com algumas coisas na minha vida, a maioria dos conteúdos eram repetitivos e o pior eu estava realmente ficando viciada na vida das meninas que eu acompanhava. É estranho porque a gente acaba se apegando a elas emocionalmente e elas nem sabem que nós existimos, e nós as usamos pra preencher uma carência da nossa vida tipo pra não se sentir solitária em casa, ou qualquer outro motivo.  Eu ficava pensando poxa a vida dessas meninas são tão incríveis, só acontece coisas legais, e a minha está bem chata comparada a vida delas, mas as vezes nós esquecemos que elas só mostram o que elas querem mostrar.

Percebi que no fundo esse habito não me fazia nada bem porque eu perdia o foco ficava muito distraída com a vida delas, e esquecia um monte de coisa importante da minha vida. É viciante porque são assuntos femininos, que interessam a todas as mulheres, a gente aprende alguns truques legais sobre maquiagem, organização, viagens, a gente se envolve emocionalmente com a vida delas, as amizades delas, a família delas, os relacionamentos amorosos delas, eu parei pra pensar e percebi que isso não é muito saudável porque por mais que a gente veja esses vídeos, no fundo essa vida é delas e não nossa, e na maioria das vezes nos traz frustrações com a nossa própria vida, porque não podemos viver o padrão de vida delas, que é sustentado pelas empresas ricas, e a nossa vida é sustentada por muito esforço de uma pessoa comum, que tem que trabalhar muito pra conseguir um conquista mínima.
Eu não parei de ver completamente mas tenho visto bem pouco agora, mas sinto que foi um boa escolha, não foi fácil deixar para trás, mas sentia que eu precisava me desintoxicar um pouco.

Não é saudável acompanhar tanto a vida de outras pessoas, tem pessoas que acompanham uma pessoa no You tube, no blog, no Instagram, no snap, parece que quer saber tudo dessa pessoa 24h por dia, isso é doença. Eu só via pelo You tube mesmo, mas elas sempre falavam “me assiste em outras redes, se você não me assistir vai perder”. Não basta você assistir em um só lugar tem que acompanhar em todas as redes, como se nós fossemos as sombras delas. É estranho tanto pra quem assiste, e eu me incluo nessa, tanto pra quem faz os vídeos e quer que todos acompanhem elas a viver. Acho que é por isso que tem tantas pessoas com depressão, porque nunca acompanhamos tanto a vida alheia como hoje em dia. Xeretar a vida dos outros nunca foi algo saudável e não vai ser agora, só porque estamos fazendo de forma mais tecnológica. É triste mas é a verdade.

Um grande beijo e até a próxima!!!

Postar um comentário